01/11/2014 Sem Comentários

Feridas – Que feridas são estas?

Que feridas são estas?
DUM SPIRO SPERO (latim)
1. Slogan da Carolina do Sul, nos EUA.
2. Nome do nono álbum da banda Japonesa Dir En Grey.
3. Escrito na parede de um antigo castelo da Europa Central.
Significa: Enquanto Respiro, Espero.
Dum Spiro, Spero, é o grande resumo do livro de Zacarias.
“Espera, ó Israel no Senhor”. Salmo 131:3.
Zacarias significa O SENHOR LEMBRA. Deus odeia o pecado, mas ama o pecador. Esquece os pecados e lembra dos pecadores.
Escrito depois de 520 a.C.
Livro profético messiânico.
Zacarias 13:6 Ler
Isaías 45:15-16 Ler
Isaías 53:1-6 Traspassado por n/ transgressões e moído por n/ iniquidades.
Habacuque 3:4 “O seu resplendor é como a luz, raios brilham de Suas mãos; e ali está o segredo da Sua força”.
Zacarias era da tribo de Levi, Neemias 12.16, e serviu em Jerusalém, depois do exílio, como sacerdote e profeta.
O livro enfatiza que Deus tem usado Seus profetas para ensinar, advertir e corrigir o seu povo.
Esboço:
I. O chamado ao arrependimento 1.1-6. “Tornai-vos para mim, e Eu me tornarei para vós”. Verso 3.
II. As oito visões: 1:7-6:15
1.O homem e os cavalos, 1:7-17. Lembra ao povo o cuidado de Deus. Deus preside sobre tudo.
2.Os quatro chifres e o ferreiro, 1:18-21. A visão traz à memória o julgamento de Deus.
3.O homem com um cordel de medir, 2:1-13 Uma olhada apocalíptica, e pacífica da cidade de Deus.
4.O sumo sacerdote, 3:1-10 Deus promete purificação do sacerdócio. Ainda que humano e profanado, como um tição tirado do fogo, o Senhor purificou. Torna-se patente que os sacerdotes são tipos do Messias.
5.O castiçal e o vaso de Azeite, 4:1-14. O castiçal todo revestido de ouro entre os vasos de azeite assegura a Zorobabel que os propósitos de Deus serão cumpridos somente pelo seu Espírito.
6.O rolo voante, 5:1-4. O pronunciamento de Deus contra o furto e contra o juramento falso.
7.A mulher no meio do efa, 5:5-11 (22 litros) Significa a santidade de Deus e a remoção do pecado.
8.Os quatro carros, 6:1-8 Retrata o soberano controle de Deus sobre a Terra.
III. A coroação do sumo sacerdote, 6:9-15. As visões são seguidas por uma cena de coroação na qual Josué é coroado tanto como rei como sacerdote. Isso é poderosamente um simbolismo da vinda do Messias.
IV. Ritual religioso ou arrependimento verdadeiro ? 7:1-14
V. A restauração e o triunfo de Sião, ou Jerusalém, 8:1-23
A primeira profecia: O Messias rejeitado, 9:1-11.17
A Segunda profecia: O Messias Reina, 12:1-14.2.
Cristo é o tema do livro de Zacarias do início ao fim.
O NT indica que Zacarias foi assassinado “entre o santuário e o altar” por oficiais do templo. Mateus 23.35
2 Propósitos:
Encorajar o remanescente judeu, em Judá, a persistir na reconstrução do templo.
Fortalecer os judeus que, tendo concluído o templo, ficaram desanimados por não ter aparecido imediatamente o Messias. Nesta passagem, é revelado também em que importará a vinda do Messias.
Aspectos:
(1) É o mais messiânico dos livros do AT. Somente Isaías, com seus 66 capítulos, contém mais profecias a respeito do Messias do que Zacarias.
(2) Entre os profetas menores, possui ele as profecias mais específicas e compreensíveis a respeito dos eventos que marcarão o final dos tempos.
(3) Representa a harmonização mais bem sucedida entre os ofícios sacerdotal e profético em toda a história de Israel.
Zacarias profetizou que o Messias viria como o Servo do Senhor, (3:8).
Como o homem cujo nome é Renovo (6:12).
Tanto como Rei como sacerdote (6:13). Como o verdadeiro Pastor (11.4-11). Ele dá um expressivo testemunho sobre a traição de Cristo por trinta moedas de prata ( 11:12-13).
Sua crucifixão (12:10).
Seus sofrimentos, as mãos feridas (13:7).
Sua segunda vinda (14:4).
Duas referências a Cristo são de profundo significado.
A entrada triunfal de Jesus em Jerusalém é descrita com detalhes em 9:9, montado num jumentinho, mais de quatrocentos anos antes do acontecimento, Mateus 21.4.
Um dos versículos mais dramáticos das Escrituras proféticas é encontrado em 12:10, “E olharão para mim, a quem traspassaram.”
Os escritores do NT citam declarações que foram cumpridas em Jesus Cristo. Entre elas estão:
(1) Ele virá de modo humilde e modesto (9:9; 13:7; Mt 21:5; 26:31, 56).
(2) Ele restaurará Israel pelo sangue do seu concerto (9:11; Mc 14:24).
(3) será Pastor das ovelhas de Deus que ficaram dispersas e desgarradas (10:2; Mt 9:36).
(4) será traído e rejeitado (11:12,13; Mt 26:15; 27:9,10).
(5) será traspassado e abatido (12:10; 13:7; Mt 24:30; 26:31, 56).
(6) voltará em glória para livrar Israel de seus inimigos (14:1-6; Mt 25:31; Ap 19:15).
(7) reinará como Rei em paz e retidão (9:9,10; 14:9,16; Rm 14:17; Ap 11:15).
(8) estabelecerá seu reino glorioso para sempre sobre todas as nações (14.6-19; Ap 11.15; 21.24-26; 22.1-5).
O Espírito Santo em Ação
O versículo mais freqüentemente citado do AT em referência à obra do Espírito Santo é 4:6.
Zorobabel é confortado na segurança de: 1) que a reconstrução do templo não será por força militar ou por proeza humana, mas pelo ministério do Espírito Santo.
2) que o Espírito Santo removerá cada obstáculo que está no caminho, que impede a conclusão do templo de Deus. Assim será no fim. Deus concluirá a tarefa pelo Espírito Santo.
Deus cumprirá os Seus planos finalmente.
Um dia você e eu poderemos ver as feridas nas mãos de Jesus e talvez até perguntar: que feridas sãos essas? Ouviremos a história da salvação dos lábios do próprio Salvador.
Desafio você a colocar toda sua confiança no Senhor.

Pastor Stina
Igreja do UNASP-SP
01/11/14

11/10/2014 Sem Comentários

Para ser feliz

Para Ser Feliz (O que é preciso?)
Introdução:
Receita para ser infeliz. 15 atitudes para a infelicidade:
1. A necessidade de estar sempre certo.
2. O conceito de que tem que controlar tudo e todos.
3. A capacidade de sempre culpar os outros.
4. A prática das conversas auto destrutivas.
5. Deixar-se guiar por crenças limitadoras.
6. Exercer a arte de reclamar.
7. Ter o luxo da crítica.
8. Viver sob a necessidade de impressionar os outros.
9. Ser resistente à mudança.
10. Supervalorizar os rótulos.
11. Ser escravo dos medos.
12. Ser movido pelas desculpas.
13. Viver o passado no presente.
14. Não se libertar do apego.
15. Viver a vida segundo as expectativas dos outros.
O Psicólogo Abraham Maslow criou uma pirâmide onde aparecem 5 camadas de necessidades, que são: fisiológicas, de segurança, sociais, de auto estima e de auto realização.
Maslow nasceu no Brooklin em Nova Iorque, em 1908, judeu, de uma família de sete filhos, e morreu na Califórnia, em 1970. Embora fosse judeu, deixou Deus de fora de sua pirâmide. Esqueceu-se da necessidade que sentimos de Deus para adorar, amar e servir.
Para ser feliz: 7 segredos.
1. Deus
2. Família
3. Amigos
4. Saúde
5. Algum Dinheiro
6. Um Lugar Seu
7. Um Trabalho Digno
Salmo 1:1-6. O salmo da felicidade.
“Uma única coisa”. Lucas 10:42.
Deus é o princípio de todas as coisas. A Bíblia começa com a frase: “No princípio Deus…” Gênesis 1:1. “Deus é amor”. 1 João 4:8. Sem Deus é impossível amar, portanto é impossível ser feliz sem Deus. No coração humano há um espaço para adorar algo ou alguém superior. Só existe felicidade se tal espaço estiver preenchido corretamente. Não pode ser qualquer coisa. Água no lugar da gasolina, não funciona e vice-versa. “Feliz é a nação cujo Deus é o Senhor”. Salmo 33:12. “Sem mim nada podeis fazer”. João 15:5.
Família é o ambiente correto para o amor se desenvolver. Veja no caso de Adão por exemplo “não havia uma auxiliadora idônea para ele”, diz a Palavra. Gênesis 2:20. É uma maneira de a vida continuar. O homem não foi feito para morrer. Se tem família o nome continua. Se não tem, acaba. “Sois da família de Deus”. Efésios 2:19.
Amigos são graças que nós recebemos na vida. Todas as pessoas via de regra tem amigos. São poucos. Talvez quatro ou cinco. Alguns tem mais, outros tem menos. Como se conhece o amigo? “Em todo tempo ama o amigo, mas na angústia se faz o irmão”. Provérbios 17:17. “Há amigo mais chegado que um irmão”. Provérbios 18:24. “A amizade do mundo é inimizade contra Deus”. Tiago 4:4. Na Canção da América, Milton Nascimento diz que “Amigo é coisa pra se guardar, debaixo de sete chaves, dentro coração”.
Saúde é um ingrediente maravilhoso na descoberta da felicidade. Sem saúde os amigos se vão e por vezes a família também. “Amado, faço votos que te vá bem em todas as coisas, e tenhas saúde, assim como é próspera a tua alma”. 3 João 2. “Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância”. João 10:10. 8 remédios da natureza. “Ar puro, luz solar, abstinência, repouso, exercício, regime conveniente, uso de água e confiança no poder divino – eis os verdadeiros remedios”. A Ciência do Bom Viver, 127 “A natureza é o médico de Deus. O ar puro, a radiosa luz solar, as flores e árvores, os pomares e vinhas e o exercício ao ar livre nessa atmosfera são salutares e vivificantes”. Idem, 264
Ter algum dinheiro ajuda. Dito popular: “O dinheiro não traz a felicidade, manda buscar”. Dizem que o dinheiro é do diabo, mas para ver o diabo é só ficar sem dinheiro. “O amor ao dinheiro é a raiz de todos os males”. 1 Timóteo 6:7-10. “Minha é a prata, meu é o ouro”. Ageu 2:8. O uso do dinheiro. Na história do bom samaritano quem usou bem o seu dinheiro?
Ter um lugar só seu. Significa ter o seu próprio reino. Chegar em casa é maravilhoso. A menos que a casa seja um inferno. A história do menino que disse que morava no inferno. Quando nós temos um lar é uma bênção. A mulher é dona da casa e acabou. O meu reino é minha igreja. Adão recebeu a incumbência de dominar sobre as aves dos céus, os peixes do mar e os animais da terra. “Eis que eu crio novos céus e nova terra”. Isaías 65:17. “Vi novo céu e nova terra”. Apocalipse 21:1-4.
Um trabalho que dá alegria. O trabalho foi a primeira instituição divina. Nomear os animais. Gênesis 2:19-20. “Do trabalho de tuas mãos comerás, feliz serás, e tudo te irá bem”. Salmo 128:2. “O lavrador que trabalha deve ser o primeiro a participar dos frutos”. Timóteo 2:6. “Edificarão casas e nelas habitarão, plantarão vinhas e comerão o seu fruto. Não edificarão para outros… nem trabalhão muito”. Isaías 65:21-25.
Ilustrar a felicidade quando cada coisa está no seu devido lugar.
Existe um momento mais excitante do que quando numa família cristã, nasce um bebê?
Conclusão:
“No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo”. João 16:33.
“Eu estou bem certo, que os sofrimentos desta vida, não podem ser comparados à glória a ser revelada em nós”. Romanos 8:18.
Deus. Família. Amigos. Saúde. Algum Dinheiro. Um Lugar Seu. Um Trabalho Digno.
Pastor Stina
UNASP-SP 11/10/2014

06/09/2014 Sem Comentários

Primeiro Deus

Primeiro Deus
Ageu é o décimo dos Profetas Menores.
O primeiro a profetizar após o cativeiro babilônico.
Ageu – significa festivo. Alegria de participar das festividades do Senhor em Jerusalém.
A contemporaneidade da Bíblia. Paulo diz que “A Palavra de Deus é viva e eficaz. Mais cortante que uma espada de dois gumes, e penetra ao ponto dividir a alma e o espírito, juntas e medulas, capaz de discernir os pensamentos e as intenções do coração”. Hebreus 4:12.
Os problemas do tempo de Ageu são os nossos problemas hoje.
Texto Ageu 1:1-6. Leitura…
Assunto principal: Deus em primeiro lugar. Jesus no Sermão da Montanha disse: “Buscai, pois, em primeiro lugar, o reino de Deus e sua justiça, e todas as outras coisas vos serão acrescentadas”. Mateus 6:33.
Começou a profetizar no reinado de Dario, por volta de 520 a. C.
O cativeiro de Judá começou em 605 a. C. e durou cerca de 70 anos.
Foram 3 os decretos para voltar.
Ciro em 537 a. C.
Dario em 520 a. C. E
Artaxerxes 457 a. C. Início das 2300 tardes e manhãs. Daniel 8:14.
O contexto: os que voltaram no primeiro decreto (537aC) iniciaram a obra, mas pararam. Motivo: reconstruir suas próprias casas.
O pecado do povo agora não era a idolatria, mas o amor ao dinheiro.
O povo se esqueceu o motivo de seu regresso. Troca de prioridades.
Em cerca de 700 AC, o Profeta Isaías prevê que um Rei, chamado Ciro, iria permitir que os israelitas voltassem para Jerusalém e reconstruíssem o seu Templo. No tempo dessa profecia, não existia nenhum rei chamado Ciro e o Templo de Jerusalém estava de pé, totalmente construído e funcionando.
+ de 100 anos depois, em 586 a. C., o rei Nabucodonosor, da Babilônia, saqueou Jerusalém e destruiu o templo. Morte ou cativeiro.
Em cerca de 539 AC, o Império Babilônico foi conquistado pelos persas, ou Medos e Persas. Pouco tempo depois,(537 a. C.) um rei persa chamado Ciro emitiu um decreto para retorno e construção do templo.
Cilindro de pedra de Ciro. As profecias estão em Isaías 45:1-14 e Jeremias 29:10 e seu cumprimento Esdras capítulos 1 e 6.
As coisas de Deus acontecem conforme Deus prediz. Não é para pensar? “Assim como as estrelas no vasto circuito de sua indicada órbita, os desígnios de Deus não conhecem adiantamento nem tardança”. DTN, 32.
Babilônia 605-539 a. C.
Medo-Pérsia 539-331 a. C.
Grécia 331-168 a. C.
Roma 168 a. C. – 476 d. C.
Propósitos do livro:
Exortar Zorobabel, o governador, e Josué, o sumo sacerdote, a mobilizarem o povo para a reedificação do templo.
Ao mesmo tempo motivar o povo a reordenar suas vidas e prioridades para que a obra da Casa de Deus fosse recomeçada com as bênçãos.
Alguém me procurou querendo mudar de congregação. Razão: “O senhor está querendo que eu me prepare para encontrar Jesus como se Ele viesse agora. Como assim? Seus sermões estão me levando a pensar isso. Eu quero viver um pouco”.
Primeira mensagem: 1:1-11 – : Concluir a Construção do Templo.
Vocês estão morando em casas de fino acabamento enquanto a minha casa, o templo, está em ruínas.
1:5 e 1:7, Considerai o passado.
Ciro tinha autorizado que trouxessem madeira, etc. Parece que usaram as coisas do templo para uso pessoal.
Resultado: Plantavam muito e colhiam pouco, comiam e não se fartavam, bebiam e não se saciavam, vestiam-se mas não se aqueciam. E quem recebia salário recebia-o num saco furado.
Deus ordena: Subam a montanha, peguem a madeira e construam minha casa, ficarei feliz.
Os céus retêm o orvalho e a terra, os frutos, porque a minha casa está em ruínas.
A reação dos lideres e do povo – o sermão de Ageu produziu impacto forte no povo que logo reiniciou a reconstrução do Templo, (1:12-15).
Mensagem 2: 2:1-9 – A Promessa de Maior Glória.
Palavras de coragem e mensagem de paz. O meu Espírito habita no meio de vós, não temais. A certeza da presença de Deus, significa o cumprimento das promessas de Deus.
O segundo templo não tinha a glória e a beleza do primeiro. Deus promete que encherá esse templo com Sua glória. Mais que isso, Deus afirmou que a glória do segundo templo seria maior que a do primeiro.
Razão: “O segundo templo receberia, na plenitude do tempo, Gálatas 4:4, a presença pessoal de Deus na pessoa de Jesus Cristo, Seu Filho, o Desejado de Todas as Nações”. Profetas e Reis 577.
Mensagem 3: 2:10-19 – Chamado à Santidade com Bênçãos.
Deus chama à santificação.
A primeira pergunta de Deus é sobre santificação. Não passa pelo toque. Ou seja , a santificação não é transmitida às coisas que são tocadas. A santificação é um processo de uma vida inteira.
Em seguida Deus faz a segunda pergunta, sobre contaminação. A santificação não passa pelo toque, mas a contaminação sim.
Construir algo demora muito mais tempo que destruir.
2:15 Considerai o que está acontecendo.
Mensagem 4: 2:20-23 – Uma Promessa Profética.
O anel de selar era um símbolo de que Deus estava devolvendo a linhagem messiânica de Judá. Observe que nos dias de Jeremias, o Senhor pronunciara uma maldição sobre o rei Jeoaquim e seus descendentes, (Jeremias 22:24-30).
Desta maneira Deus confirmava Israel como povo eleito, reacendendo assim as expectativas messiânicas entre o povo.
Podemos dizer que a desgraça de Israel começou quando o povo pediu a Samuel um rei, ou seja, estavam declaradamente rejeitando a teocracia, optando pela monarquia. Muito mais do que a simples mudança de governo, o povo queria se livrar de Deus. pouco mais de um século e o reino se dividiu.
O reino do norte, Israel, já nasceu debaixo da idolatria 1 Reis 12.27-32. Em 722 a. C. veio o fim de Israel, diante da Assíria 2 Reis 17.
A destruição de Judá foi mais lenta. Em 605 a derrota começou diante da Babilônia.
Em, 597, Jeoaquim foi vencido por Nabucodosor.
Em 586 a. C., Jerusalém foi arrasada, o Templo saqueado e destruído.
O primeiro templo, de Salomão, foi destruído por Nabucodonosor, rei de Babilônia, em 586 antes de Cristo. O segundo templo, conhecido como templo de Zorobabel ou templo de Herodes, foi destruído pelos romanos no ano 70 depois de Cristo.
Há alguma ligação profética entre Babilônia e Roma???
Conclusão:
Mensagem para nós hoje.
Fidelidade.
Deus, Bíblia, família, princípios, dízimos e ofertas.
Será que gastamos mais em refrigerantes do que em ofertas para a missão?
Será que nossos líderes gastam mais em mansões, carros de luxo, ternos de grifes famosas, templos suntuosos do que em missões e evangelização mundial?
Será que estamos mantendo nossa fidelidade nos dízimos e ofertas para a obra do Senhor?
Será que estamos nos santificando ou estamos nos misturando ao mundo e até somos confundidos com seus cidadãos?

Pastor Stina
Igreja do UNASP SP
06/09/14

31/08/2014 Sem Comentários

Perdido Dentro da Igreja

Introdução:
Alguém sonhou que todos dormiam na igreja enquanto o pastor pregava um poderoso sermão.
Vamos a Lucas 15.
Em resposta às críticas dos escribas e fariseus por se reunir com publicanos e pecadores, Jesus contou três parábolas sobre a alegria da salvação.
a) A ovelha perdida que foi encontrada – O pastor chama a todos para se alegrarem com ele.
b) A moeda perdida que foi achada – A mulher chama as vizinhas para se alegrarem com ela.
c) O filho perdido que voltou para casa – O pai oferece uma festa para celebrar sua alegria.
“As parábolas da ovelha e da dracma perdidas, e do filho pródigo, apresentam em traços claros, o misericordioso amor de Deus para com os que dEle se desviam. Na parábola do filho pródigo é-nos apresentado o procedimento do Senhor com aqueles que uma vez conheceram o amor paterno, mas consentiram ao tentador levá-los cativos a sua vontade”. PJ 198
Corpo do sermão:
Texto: Lucas 15:25-32. Ler…
Percebeu que não há conclusão???
Nessas três parábolas a única pessoa que não está e feliz é o irmão mais velho do pródigo.
1. Ovelha – sabia que estava perdida, mas não sabia voltar.
2. Dracma – não sabia nada, inconsciente.
3. Filho pródigo – sabia que estava perdido, e sabia voltar.
4. Irmão mais velho – achava que estava salvo, mas estava perdido. ENGANADO…
O Senhor Jesus mostrou nessas parábolas que toda a divindade está unida na salvação. O pastor é Jesus, a lâmpada é o Espírito Santo e o pai é Deus o Pai.
A única voz que destoa é a do irmão.
O filho mais velho está triste, porque o Pai recebeu o filho pródigo com alegria.
“Pelo irmão mais velho foram representados os impenitentes judeus contemporâneos de Cristo, como também os fariseus de todas as épocas, que olhavam com desprezo àqueles que consideravam publicanos e pecadores”. PJ 209
O filho mais velho está irado, porque o Pai é misericordioso.
O filho mais velho está do lado de fora, enquanto o filho pródigo está dentro da Casa do Pai.
Jesus disse o seguinte: “Mas eu vos digo que muitos virão do oriente e do ocidente, e assentar-se-ão à mesa com Abraão, e Isaque, e Jacó, no reino dos céus; enquanto os filhos do reino serão lançados nas trevas exteriores; ali haverá pranto e ranger de dentes”. Mateus 8:11-12.
Representações:
O filho pródigo – O publicano, o pecador em busca do perdão.
O filho mais velho – Um fariseu, cheio de justiça própria.
Cuidado com o perigo de se estar na Casa do Pai, dentro da Igreja e ainda estar perdido.
Esse filho representou os escribas e fariseus que se consideravam santos e desprezavam os outros.
Esse filho representa aqueles que estão dentro da igreja, obedecendo as leis, cumprindo deveres, sem se enveredar pelos antros do pecado, pelos corredores escuros do mundo e ainda assim, estão perdidos.
Ilustração: O jovem rico – criado na sinagoga, cumpria os mandamentos, mas estava perdido.
Judas – no trabalho com Jesus, mas estava perdido.
Será que nos dias de hoje há pessoas perdidas dentro da igreja?
Análise da vida espiritual do irmão mais velho, compare com a sua:
1. Dentro da igreja, mas sem amor.
Ele não perdoou o Pai por haver recebido o filho pródigo, nem perdoou o irmão pelos seus erros.
Há pessoas que estão na igreja, mas não têm amor nem por Deus nem pelos perdidos. Amaras ao Senhor teu Deus e ao próximo. (Marcos 12:30-31)
2. Dentro da igreja, mas confiava em sua própria justiça.
Veloz para ver o pecado do seu irmão, mas não enxergava os seus próprios pecados. Orgulhoso de si mesmo.
3. Dentro da igreja, mas não era livre. Como escravo, servia por medo. Fazia o certo, com a motivação errada.
O verbo é “douleo” = servir como escravo. Vivia sem prazer. Na casa do pai, mas não como filho.
4. Dentro da igreja, mas no coração só amargura.
Complexo de santidade. A religião amarga passa a ser um fardo. A vida passa a ser de acusação. Legalismo, é a melhor palavra para definir.
Com o coração cheio de ressentimento, ninguém consegue celebrar as vitórias de Deus.
5. Dentro da igreja, mas solitário.
Na Casa do Pai, mas não tem comunhão com ele.
Na igreja, mas longe do amor do Pai, sem o prazer de pertencer a Jesus, incapaz de sentir a alegria da salvação proporcionada pela atuação do Espírito Santo na vida. Curtindo a solidão.
6. Dentro da igreja, mas o coração cheio das misérias do mundo.
Rico, porém miserável.
Na miséria, enquanto Deus oferece vida abundante. João 10:10.
Conclusão:
O mesmo Pai que saiu ao encontro do filho pródigo para abraça-lo, sai para conciliar o filho mais velho.
Ele escolheu ficar do lado de fora.
Virtudes:
Era trabalhador. Ele trabalhava com intensidade, mas não por amor.
Era obediente. Nunca transgrediu uma ordem do pai. Dormia cedo para acordar cedo por causa do trabalho.
Era um moço puro, casto. Nunca fez nada errado.
Era cheio de qualidades.
Tinha apenas um defeito: Ele era egoísta. Não tinha o amor no coração. (Orgulho, egoísmo…)
A Bíblia diz: “Se alguém disser: Amo a Deus, e odiar a seu irmão, é mentiroso; pois aquele que não ama a seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê”. I João 4:20.
A saída do pródigo não lhe trouxe tristeza, e sua volta não lhe trouxe alegria.
A alegria da festa lhe causara aborrecimento.
Ficou cheio de revolta e ira. Não quis entrar em casa. Não quis tomar parte na festa.
Seu pai o procura. Ele está revoltado. É hora das reclamações.
“A justiça própria conduz os homens não somente a representar a Deus falsamente, como os torna impiedosos e críticos para com seus irmãos”. PJ 210
A igreja é como um hospital. Quem vai para o hospital? Os enfermos. Cristo disse: “Os sãos não precisam de médicos, e sim os doentes”. Mateus 9:12.
Ninguém sabe porque o filho pródigo deixou a casa do pai? Será que não teria sido por causa do egoísmo do irmão mais velho?
Será que alguém está deixando a igreja por nossa culpa?
Será que temos sido um espinho na carne dos membros fracos da igreja? Uma pedra de tropeço?
A Bíblia afirma que “Por se multiplicar a iniquidade o amor se esfriará de quase todos”. Mateus 24:12.
Vamos nos concentrar no Pai.
O pai o chama de Meu filho. Ao pródigo Jesus disse que o pai se referiu como este meu filho, ao passo que para o irmão mais velho o Pai chamou de meu filho (31).
No grego meu filho é “Teknon”.
Teknon era um termo afetuoso. Significa filho querido. Filho amado. Teknon só era usado para o filho que aceitava as ideias do pai.
Por outro lado, para o filho pródigo foi usada a palavra “Uios”, que significa simplesmente filho, (24). Termo menos afetuoso.
Como foi que terminou a história? Você se lembra?
Jesus concluiu a parábola mostrando que o pródigo, o pecador, estava dentro do lar ao lado do Pai, feliz.
Enquanto o irmão mais velho, o santinho, estava do lado de fora, revoltado.
“O amor de Deus anela sempre por aquele que dEle se afastou, e põe em operação influências para fazê-lo tornar à casa paterna”. PJ 202
Se você está perdido dentro da igreja, ainda existe salvação. Volte-se para o Senhor, que é rico em perdoar, (Isaías 55:6-7).
Trio: Ivane, Dário e Diogo. Acompanhados pelo Richard Kogima.
Batismo da Rosely e oração final.

Pastor Stina
IGREJA DO UNASP-SP 30/08/14

27/08/2014 Sem Comentários

Muito Mais

Muito Mais, Deus tem muito mais.
Você já sabe quem você é.
Efeitos colaterais do pecado.
Deus transforma maldições em bênçãos.
Deus tem muito mais pra você.
Por maior que seja o seu sonho, o sonho de Deus é maior. Robson Fonseca.
1 Coríntios 2:9. Leitura do texto.
Navegando nas entrelinhas de Deus. Mulher pecadora.
O conflito é real. Caso Thiago no Hospital Modelo, hoje A C Camargo.
Estamos para entrar em Canaã. Qual foi a mensagem de Deus a Josué. “Sê forte e corajoso, o Senhor teu Deus é contigo por onde quer que andares”. Josué 1.
Cuidado com as tentações e as provações.
Ninguém pode amaldiçoar aquele que foi abençoado por Deus, (Números 22).
Minha posição.
De que lado eu estou no conflito?
Quando eu trato sobre álcool e afins,
cinema e jogos, pornografia, e os pecados que estão escondidos no coração?
Primeira coisa é comunhão. Pessoal, diária, ininterrupta e intransferível. João 15. “Permanecei em mim”.
Segunda é o meu comprometimento. Somos Kamikazes da fé. Policarpo com 86 anos morto no monte Palos. Discípulo de João, bispo de Esmirna. “Eu tenho servido ao meu Jesus por 86 anos e Ele nunca faltou comigo um só dia sequer, como eu poderia negar agora o meu Senhor?”
Pessoas que deram a vida. Quantas pessoas. Homens e mulheres.
Só uma para relembrar, Moisés.
Episódio do bezerro de ouro. Risca o meu nome do livro, (Êxodo 32).
O amor à comodidade, ao conforto, ao poder, não pode ser maior que o amor pelo povo ao qual eu sirvo e a quem eu desejo salvar.
A lei no trabalho é a mesma lei da vida: amar ao Senhor de todo o coração, alma, entendimento e força, e ao próximo como a ti mesmo, (Marcos 12:30-31).
Tudo por um sonho. Moisés. Vamos relembrar um pouco da história de vida desse servo de Deus, que é admirado e amado por nós.
40 anos no Egito.
40 anos em Midiã.
40 anos no deserto.
Chega finalmente o momento final. Deus o chama para o cimo do cume de Pisca, no monte Nebo.
Professor Giovani entra em cena. Diálogo, descanso e depois a ressurreição.
Se os seus sonhos estiverem de acordo coma vontade de Deus, eles serão realizados com certeza. Moisés pousou seus pés na terra prometida. Tabor ou Gilboa ao Norte.
Moisés não morreu, mas dormiu nos braços de Deus.
Você e eu poderemos até passar pelo sono, mas quem tem o Filho de Deus tem a vida eterna.
Meu desafio é: se hoje Deus passasse sobre você o prumo do juízo, você seria aprovado (a)?
Deus chamaria você de servo bom e fiel?
“De que adianta ao homem, ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma”? Marcos 8:36-37.
Dentro do arcabouço do conflito existe algo a mais, que é muito importante. Eu disse que são duas as frentes de trabalho mais fortes do enganador, você se lembra? A tentação e a provação.
Camufladamente o plano do inimigo é obnubilar, obscurecer, anuviar a mente dos servos de Deus. Ele faz isso de duas maneiras. Uma delas é através de certos alimentos. Alguns alimentos foram modificados propositadamente para destruir nossa capacidade de pensar corretamente.
A outra está ligada às prioridades. Nós trabalhamos muito mais pela sobrevivência e por amor às posições do que por amor ao semelhante e mesmo do que por amor a Jesus.
Apelo: Reformar a nossa vida na presença de Deus. Nossos hábitos, nossos propósitos, nosso comprometimento…
Só Jesus pode nos transformar. Ele quer tocar em cada um de nós, Seu toque é transformador, é curador e salvador.
Professor Alan canta: Jesus quer tocar os que querem ser tocados. Não se deixe ser iludido pelo mundo. Jesus quer tocar você para você poder amar.
Se você deseja renovar sua vida na presença de Deus agora é a hora. Venha pra frente.
Oração.

25/08/2014 Sem Comentários

Deus pode Transformar Maldições em Bênçãos

Deus Transforma Maldições em Bênçãos
Paulo na Ilha de Malta – Atos 28:1-10. A víbora e o principal, nome Públio.
Tudo termina bem para quem confia plenamente no Senhor. Se alguma coisa não está bem, é porque ainda não terminou.
A vida é muito injusta. Alguns sofrem mais que outros.
Vou usar uma experiência bíblica para mostrar como Deus pode transformar maldições em bênçãos.
Tape 1#
Jó 1:1-12.
Jó – Íntegro, reto, temente a Deus e se desviava do mal.
Uz – Jordânia, Arábia, Síria ou Mesopotâmia (Oriente).
Reunião – no céu ou noutro lugar do Universo, mas não na terra.
8 – Deus falando a Satanás da fidelidade de Jó. Não há ninguém na terra, semelhante a ele.
Poucos elogios da parte de Deus: Abraão – amigo de Deus.
Davi – Homem segundo o coração de Deus.
Moisés – o homem mais manso da terra.
João Batista – o maior dos nascidos de mulher.
O casamento – venerado.
O inimigo tem sempre algo de que nos acusar e também de acusar a Deus. Versos 10-11, Jó serve a Deus por interesse. O Senhor o cercou só com bênçãos.
12 – Você está enganado de novo Lúcifer. Ele me serve por amor.
13-19 – as desgraças: perdeu tudo. Família, bens, poder, influência.
20-22 – as reações de Jó: rasgou a roupa, jogou-se na terra e adorou. Declarou: O Senhor deu, o Senhor tomou, bendito seja o nome do Senhor. Não pecou.
Tape 2#
Jó 2:1-3 – Noutra reunião Deus contesta o erro de Satanás.
4 – Mas ele ainda tem saúde.
8 – as desgraças agora relacionadas com sua saúde.
9 – a mulher também ficou doente. sugeriu a morte ao marido.
10 – a resposta de Jó à esposa mostra seu cristianismo. Falas como uma doida. Temos recebido de Deus o bem, não receberíamos também o mal? Não pecou.
11-13 – a visita dos três amigos: Elifaz, Bildade e Zofar.
Tape 3#
Os capítulos 3 a 41 revelam a trama da história.
Jó não sabe do pano de fundo. O inimigo instigando Deus, punindo Jó, porque assim pune ele ao Senhor.
As disputas homiléticas entre os amigos e Jó.
As discussões entre Jó e Deus e os discursos de Eliú.
9:8-9 – Declarações incríveis sobre o Universo. Coisas espetaculares da astronomia. A Ursa, o Órion, o Sete-estrelo.
28 – Apologia à sabedoria de Deus. 28:25-26 – o peso do vento, a medida das águas e da chuva.
38:31-32 – mais lições de astronomia.
Tape 4#
Jó 42:2, 5 e 10
2 – propósitos que não se frustram. Jó conhecia Deus como onipotente e onisciente.
5 – aprofundou seu conhecimento de Deus. Relacionamento pessoal a ponto de ver Deus.
10 – enquanto fazia a oração intercessora, Deus o abençoou e mudou sua sorte.
Sorte na Bíblia é bênção – Jeremias 29:14.
O que ele tinha antes e o que consegui depois. Tudo em dobro.
Jó 19:25-27 – Meu redentor vive, Ele se levantará e eu O verei
Perdeu tudo, mas não perdeu sua confiança no Deus todo-poderoso.
Detalhes: Um ex canceroso e uma ex depressiva tiveram as filhas mais lindas daquelas terras.
Os familiares e amigos voltaram.
Jó viveu mais 140 anos e viu seus descendentes até a quarta geração.
Deus pode transformar as maldições do conflito em bênçãos.
O livro de Jó é uma miniatura do conflito. Para quem não perde a esperança, o final é feliz.
Então, não perca a esperança!
Louvado seja o Senhor!

22/08/2014 Sem Comentários

Juízo com Misericórdia e Graça.

Juízo com Misericórdia e Graça – Sofonias
Uma rápida menção aos temas anteriores:
Oseias-Amor Incondicional e Intencional
Joel-Amor Restaurador.
Amós-Amor Compassivo.
Obadias-Amor Libertador.
Jonas-Amor Inclusivo.
Miqueias-Amor Misericordioso.
Naum-Conforto e consolação.
Naum é o único dos profetas menores que não tem um final feliz. Porque o juízo é terrível contra os ímpios.
Habacuque-Confiança inabalável. Amor que castiga, mas salva.
Hoje vamos analisar o livro de Sofonias.
Sofonias-Juízo com graça e misericórdia.
Sofonias nasceu durante o reinado de Manassés, o mais perverso dos reis de Judá, e seu ministério profético se deu nos dias de Josias, rei de Judá e neto de Manassés, (640-609Ac).
Sofonias significa escondido em Jeová. Talvez porque ele foi protegido, quando bebê, quando Manassés mandou matar as crianças.
Sofonias é o último dos profetas menores antes do cativeiro babilônico, (605 AC).
Ideia do livro: O juízo está chegando, mas a misericórdia e a graça ainda estão disponíveis.
Ensinamento especial em Sofonias. Ele ensina que o juízo de Deus não é apenas punitivo, mas também corretivo. Razão porque Sofonias usa a expressão: Buscai ao Senhor, (2:3).
Sofonias é um profeta clássico. Diferente de Daniel por exemplo.
Apenas 3 capítulos e 53 versos, nada mais. Salmo 119, 176 versos. Obadias tem só 1 capítulo com 21.
Vejamos um rápido esboço do livro:
1:1-6 – Prólogo e razões da ameaça.
1:7-18 – O dia do juízo e seus efeitos.
2:1-7 – Juízo contra os filisteus.
2.8-11 – Juízo c/ Moabe e Amom.
2:12-15 – Juízo c/ Etiópia e Assíria.
3:1-7 – Juízo contra Jerusalém.
3:8-20 – Salvação da Filha de Sião.
Poderíamos também olhar o livro do ponto de vista da visão, do olhar.
Olhar para dentro. Ira vindoura e convite ao arrependimento. 1:1-2:3.
Olhar ao redor. A ira divina contra as nações por sua indiferença quanto a Deus. 2:4-3:8.
Olhar para além do horizonte. Após a ira vem a salvação. 3:9-3:20.
Existem outras abordagens. Outros esboços.
Pontos mais importantes do livro.
- 1:1, Provavelmente era de linhagem real, pois sua apresentação biográfica permite que assim concluamos. Provavelmente tataraneto de Ezequias. A palavra veio do Senhor, nos dias de Josias, rei de Judá.
- 1:2-6, Destruição completa. Homens, animais, aves, e peixes. Estenderei a mão contra Judá e os habitantes de Jerusalém. Baal, ministrantes dos ídolos, (auxiliares de sacerdotes que usavam vestes pretas e tinham a função de levar as vítimas para o sacrifício), sacerdotes, adoradores do exército do céu e de Milcom. (Deus Moloque, dos Amonitas. Oferecimento de crianças). Os que deixam de seguir ao Senhor. (Jeremias 2:13, A mim me deixaram e cavaram cisternas rotas para si). Sincretismo religioso com seus sacrifícios humanos, luxuria, idolatria, astrologia e consulta aos mortos. Uso de roupas estrangeiras significa aceitação dos costumes dos povos e suas práticas pagãs.
Ler 2 Reis 21:1-12. Manassés (filho de Ezequias), reinou 55 anos (12-67). Ofereceu o filho em sacrifício e mandou serrar o profeta Isaías ao meio, Hebreus 11:37).
- 1:7, 14 e 17, O juízo está perto e se aproxima com rapidez. O dia do Senhor é de assolação e amargo que até mesmo os poderosos vão clamar. É dia de angústia.
- 2:1-7, Nas ameaças aos filisteus, há um chamado para que busquem ao Senhor (3), e ainda diz que o Senhor atentará, mudará a sorte de Judá, (7).
- 2:8-11, Nas ameaças contra Moabe e Amom, o profeta fala do escárnio e das injúrias de Moabe e Amom contra o povo de Deus. Estes dois povos se tornarão como Sodoma e Gomorra: campos de urtigas e poços de sal.
- 2:12-15, Nas ameaças contra a Etiópia e a Assíria, morte pela espada para os etíopes e desolação total para a Assíria.
- 3:1-7, Nas ameaças contra Jerusalém, Deus a chama de cidade opressora, rebelde, manchada, e que não atende, não aceita disciplina. Seus príncipes são leões, seus juízes lobos da noite, profetas levianos e pérfidos, sacerdotes que profanam o santuário e violam a lei. O profeta fala ainda do Senhor, justo, que manhã após manhã, traz o Seu juízo à luz.
E por fim a salvação da filha de Sião, da filha de Jerusalém, da própria Jerusalém.
- 3:8-20, Esperai-me. Minha resolução é ajuntar as nações e congregar os reinos. Darei lábios puros ao povos. Não te envergonharás das tuas obras. Deixarei no meio de ti um povo modesto e humilde que confia no nome do Senhor.
Canta ó filha de Sião, rejubila, ó Israel. O Senhor afastou as sentenças que eram contra Jerusalém. O Senhor lançou fora os inimigos. O Rei de Israel, o Senhor está no meio de ti.
Naquele dia se dirá a Jerusalém: Não temas, ó Sião, não se afrouxem os teus braços, pois o Senhor, Teu Deus, está no meio de ti.
Eu congregarei os entristecidos.
Eu vos farei voltar e vos recolherei.
Farei mudar a vossa sorte diz o Senhor.
Detalhes:
Os mansos da terra são os que se mantêm fiéis a Deus e são por Ele guiados.
Quando olhamos o mundo de hoje, pensamos: é o fim! Porém, naqueles dias Judá vivia como hoje ou pior do que hoje.
Podemos nós realizar alguma boa obra? Não. Como então podemos produzir frutos para a vida eterna?
“Permanecei em mim, e eu permanecerei em vós. Como não pode o ramo produzir fruto de si mesmo, se não permanecer na videira, assim, nem vós o podeis dar, se não permanecerdes em mim”. João 15:4.
Devemos perceber que embora o livro tenha acusações contra Judá e Jerusalém, assim como para outras nações, o final do livro mostra a restauração do povo de Deus.
“Pela oração, pelo estudo de Sua Palavra, pela fé em Sua constante presença, a mais fraca das criaturas humanas pode viver em contato com o Cristo vivo, e Ele a segurará com mão que nunca a soltará”. A Ciência Bom Viver, 182.
“As profecias de Sofonias sobre Judá se aplicam com igual força aos juízos que devem cair sobre um mundo impenitente por ocasião da segunda vinda de Cristo”. Profetas e Reis, 389.
O Senhor se deleitará em ti com alegria, (3:17). Hebreus 12:2, “Em troca da alegria que lhe estava proposta, suportou a cruz”. Isaías 53:11, “Verá o fruto do penoso trabalho de sua alma e ficará satisfeito”.
Sofonias é o profeta que mais mencionou o dia do Senhor.
Sofonias é um exemplo para os ministros modernos, para a IASD, que tem a missão de pregar as 3 mensagens angélicas, que começa com o Juízo, Apocalipse 14:6-12.
Qual é a mensagem de Sofonias para nós hoje?
Em seus dias era assim: condição social, moral e religiosa. Desastre completo.
Corrupção moral: Luxuria por todos os lados. Atração pelos prazeres sensuais e carnais; atuação desmedida no que dizia respeito aos prazeres sexuais, lascívia, corrupção de costumes, sensualidade.
Injustiça social: Fortunas eram criadas com a opressão do pobre. A pessoa humana perdera completamente o valor. Virara lixo e nada mais.
Degradação religiosa: adoração aos ídolos se misturava com a adoração a Jeová. O culto se transformara numa mistura de adoração, sexo, corrupção e sacrifícios humanos. Os sacerdotes eram idólatras e tanto no templo como nas casas adorava-se o exército do céu. O povo ficou cético, indiferente, amava o adultério e o dinheiro, e declarava: o Senhor não faz nem bem nem mal, (1:12).
Que mensagem traz o sermão de hoje para nossa igreja? E para cada um de nós individualmente?
Olhe para dentro. Da igreja, de você.
Olhe ao redor. O mundo.
Olhe além do horizonte. O futuro.
Que Deus nos ajude!!!

Pastor Stina
UNASP-SP 23/08/2014

12/08/2014 Sem Comentários

Efeitos Colaterais do Pecado

EFEITOS COLATERAIS DO PECADO
Gênesis 2:15-17 – Se comer do fruto morre.
Romanos 6:23 – O salário do pecado é a morte.
O resultado final é a morte, mas durante toda a vida, até à morte, temos que enfrentar os efeitos colaterais do pecado.
EFEITOS:

1. Quebra no relacionamento vertical. Entre o homem e Deus. Medo – Gênesis 3:10.
2. Quebra no relacionamento horizontal. Entre os seres humanos. Mudança no Amor – Gênesis 3:12. Antes do pecado, escolheu morrer com sua esposa, depois do pecado, a acusou.
3. Mudança na natureza dos animais – Gênesis 3:14.
4. Sofrimento da Mulher – Gênesis 3:16 – Dor.
5. Mudança na natureza – Gênesis 3:17-19, Maldita é a terra.
5. Sofrimento no trabalho – Gênesis 3:19. Transpiração até à morte.
6. Mudança na moradia – Gênesis 3:22-24, expulsos do Jardim. Um querubim protegia a entrada do Jardim. Éden na Terra – Até o dilúvio. P.P. 56:3.
7. Mudança radical na próxima Geração – Gênesis 4:8, um irmão matou o outro.
8. Existem dezenas, talvez centenas de outros efeitos, mas vamos ficar com estes apenas, pois eles representam bem a totalidade.
SOLUÇÃO
Romanos 6:23 – Dom gratuito de Deus é vida eterna em Cristo Jesus.
Apocalipse 20 – Destruição final de Satanás.
Apocalipse 21:1 – Novo céu e nova terra.
Apocalipse 21:4 – Sem dor, nem sofrimento e nem morte.
Apocalipse 22:2, Árvore da vida, para saúde das nações.
Apocalipse 22:14 – Quem lava as suas vestiduras no sangue do Cordeiro terá direito à árvore da vida e entrará na cidade de Deus, pelas portas.
I João 3:8 – O filho de Deus se manifestou para destruir as obras do Diabo.
João 10:10 – Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.
I João 5:11-12 – Deus nos deu a vida eterna, e esta vida está em Seu Filho. Quem tem o Filho tem a vida.
Louvado seja Deus, pois muito em breve Jesus se manifestará e então tanto o pecado, quanto seu originador, e também os efeitos colaterais do pecado serão destruídos para sempre.
Louvado seja Deus porque a angústia não se levantará pela segunda vez – Naum 1:9.
Glória ao Senhor.

10/07/2014 Sem Comentários

Cada Dia, Todos os Dias, Até o Último Dia

Cada Dia, Todos os Dias, Até o Último Dia.
1 Pedro 5:4 (Ler o Texto).
Imarcescível coroa: que não murcha, não se quebra, não perde o brilho, não enferruja, não quebra, não se corrompe, não passa para outro, etc.
Mateus 11:28 (Ler o texto).
Bênçãos para quem fica perto de Deus. Luz, vida, salvação, perdão, graça e misericórdia.
Mas, será que ficar perto de Deus apenas é suficiente?
Caso Lúcifer:
Não permitiu que a luz de Deus inundasse sua alma.
Não podemos explicar o pecado.
Vou mostrar a você que o que faz a diferença é permitir que a luz de Jesus inunde a alma, o ser todo, Gênesis 2:7, cada dia, todos os dias, até o último dia.
Para exemplificar a minha proposição vou apresentar duas histórias, duas vidas.
Ambas as histórias, ambas as vidas passaram pela aflição do pecado.
O primeiro exemplo é Davi, o cantor de Israel, profeta, salmista e rei.
Caiu no mais profundo abismo.
Vamos rememorar só umas poucas coisas.
Orgulho, vaidade, egoísmo, cobiça, adultério, assassinato, corrupção.
Natã representa Deus. 2 Samuel 12. A ovelha do homem pobre.
Esse homem tem que morrer. É você. Davi reconhece seu infortúnio e escreve o Salmo 51 – coração puro, espírito reto, Espírito Santo.
Atos 13:22 – o homem segundo o coração de Deus.
O segundo exemplo é Judas, um dos discípulos de Jesus, aquele que O traiu.
Se Davi conheceu o Senhor, Judas muito mais. Onde o Senhor andou Judas andou, onde o Senhor comeu, Judas comeu, onde o Senhor dormiu, Judas dormiu.
Foram nada menos que 3 anos e meio. A diferença é que Judas não permitiu que a luz de Jesus inundasse sua alma.
Tão perto da luz e em completa escuridão.
Tão perto do Salvador, mas escolheu a perdição.
Tão perto da vida, mas escolheu a morte.
Há alguns versos na Bíblia que são mito tristes:
Apartai-vos de Mim, malditos para o fogo eterno. Mateus 25:41.
Passou a sega, findou o verão e nós não estamos salvos. Jeremias 8:20.
No caso de Judas, João 13:30. Ele, tendo recebido o bocado, saiu logo. E era noite.
Era noite, em contraposição ao dia, mas muito mais do que isso, era noite em seu coração.
Mateus 27:5 diz que Judas foi e enforcou-se.
Na manhã seguinte enquanto caminhavam levando Jesus para o calvário, viram um corpo arrebentado no chão e os cães comendo seus interiores.
Uma vida que podia ter sido uma inspiração, tornou-se motivo de muita tristeza e dor.
O grande segredo é permitir que a luz de Jesus ilumine a estrada da vida e a própria vida.
Não basta apenas ficar perto de Deus, e necessário permitir que a luz de Jesus inunda a alma, cada dia, todos os dias, até o último dia.
Mas, houve alguém que pode ser citado como tendo permitido que a luz de Jesus inundasse sua alma, cada dia todos os dias, até o último dia?
Sim, houve. José. Aquele filho de Jacó que se tornou governador do Egito.
No Gênesis 37 está o começo de sua história.
Jacó teve 12 filhos homens. José era um deles, filho da mulher amada, filho de Raquel.
Jacó amava mais a José do a todos os seus filhos.
Fez para ele uma túnica talar, de mangas compridas, certamente, colorida.
Nos dias de José um garoto de 17 anos usava uma túnica curta e sem cor.
As sete vestes de José:
1.Túnica comprida, colorida.
2.A veste da discórdia.
3.A veste de escravo.
4.A veste de prisioneiro.
5.A veste de liberdade.
6.A veste real de linho fino.
7.A veste da justiça de Jesus.
Cada uma das sete vestes representa uma etapa da vida vitoriosa de José.
Em todas as etapas da vida, permitiu que Deus o inundasse com a luz de Jesus.
Algumas poucas coisas importantes sobre José:
1.Viveu 110 anos.
2.Confiava na promessa de libertação. Deus vos visitará, levem os meus ossos para Canaã.
3.Gênesis 37:15 – um homem o encontrou. Homem é anjo. Foi assim com seu pai Jacó no vale de Jaboque. Isaías 30:21 Quando te desviares. Salmo 32:8 Instruir-te-ei e te ensinarei.
José permitiu que a luz de Jesus inundasse sua alma cada dia, todos os dias, até o último dia.
Quero desafiar você a assinar um contrato com Deus. Permitiu que hoje a luz de Jesus inunde sua alma.
O contrato vale por um dia apenas, deve portanto ser renovado cada dia, ao acordar.
Não basta apenas ficar perto de Deus, e necessário permitir que a luz de Jesus inunda a alma, cada dia, todos os dias, até o último dia.

05/07/2014 Sem Comentários

Adoração Verdadeira

Adoração Verdadeira
Isaías 6:1-8.
Mais ou menos 740 A.C.
No ano da morte de Uzias, de Judá, que começou a reinar com 16 anos e reinou por 52 anos de reinado, fez o que Deus aprova. 2 Crônicas 26:3-4.
Isaías foi ao templo e viu o Senhor. “O Senhor está em Seu santo templo”. Habacuque 2:20.
O Senhor enchia o templo. “O Senhor é grande”. 2 Crônicas 6:18. Na oração de Salomão na dedicação do templo, Salomão disse que mesmo os céus dos céus não podem conter o Senhor, de tão grande.
Serafins com 6 asas clamavam Santo, Santo, santo é o Senhor dos Exércitos. 2 rosto, 2 pés e 2 voavam. Serafins só aparecem em Isaías 6, e não mais. Seres encarregados da adoração.
O templo tremeu e se encheu de fumaça. “Na presença de Deus a terra treme”. Salmo 114:7.
Ai de mim, disse Isaías, estou perdido.
Um serafim tocou os seus lábios com uma brasa do altar. “Espíritos ministradores”. Hebreus 1:14.
Isaías foi perdoado.
A quem enviarei?
Eis-me aqui, envia-me, disse Isaías.
Quando a adoração é real, verdadeira, a consciência do adorador percebe:
1. A presença de Deus.
2. Reconhece o Pecado.
3. Aceita a Graça, e
4. Deseja se envolver no Serviço.
Como é o culto hoje?
Os que se apresentam, são os artistas.
Os que assistem, a audiência.
Deus é o ponto apenas.
Parece mais um programa de auditório que um culto de adoraçãoo.
Como deveria ser?
Nós todos somos artistas, os que se apresentam e os que assistem.
Deus é a audiência, o público.
Nós fazemos para Deus. Todos nós juntos.
O que é adoração? Poderíamos dizer que é uma honra que se presta a Deus, em virtude do que Deus é e do que significa para os que O adoram.
A palavra hebraica que mais se usa para adoração no velho testamento é “avádh”, que significa “inclinar-se, honrar”. É o caso, por exemplo, em Gênesis 18.2, quando Abraão recebeu o Senhor e 2 anjos.
A palavra grega que geralmente se utiliza no Novo Testamento é “proskynéo”, e significa “prestar honra”. É o caso, por exemplo, quando Cornélio recebeu a Pedro em sua casa, Atos 10:25. Serve tanto a Deus como aos homens.
O termo proskynéo indica também ato de adoração, como expresso em Mateus 4: 8-10, onde Satanás tenta obter adoração de Jesus. Mas Jesus recusou-se, dizendo: “Vai-te Satanás! Pois está escrito: É a Jeová, teu Deus, que tens de adorar” Do grego proskynéo ou, no relato de Deuteronômio que Jesus citava, hebraico avádh (Mateus 4: 10; Deuteronômio 6:13)
Está claro que é dever de cada criatura inteligente adorar a Deus. Os anjos O adoram “O Exército dos Céus”, Neemias 9:6. Os Seus santos O adoram. No Evangelho eterno os homens são chamados a dar glória a Deus e a adorá-Lo, Apocalipse 14:7. E dentro em breve tudo que há sobre a terra O adorará Sofonias 2:11; Zacarias 14:16 e Salmo 86:9.
O serviço de adoração compreende basicamente as seguintes partes:
1. Músicas
2. Orações
3. Pregação
4. Ofertas e dízimos
Música – Salmo 150:1-6 “Todo ser que respira”.
Devemos saber a diferença entre o que Deus pede e o que nós imaginamos ser o melhor. Veja o caso das ofertas de Abel e Caim. Não é o que eu acho é o que Deus orienta.
Oração – Como? Jeremias 29:13. Não é a posição, mas o coração.
Pregação – 2 Timóteo 4:2. A Palavra. Jesus é a Palavra.
Dízimos e Ofertas – Provérbios 3:5-9. Confia no Senhor, honra ao Senhor e reconhece-O. O dízimo representa nosso reconhecimento de que Deus é o Senhor de tudo e as ofertas representam nossa gratidão pela salvação em Jesus. Antes de trazer a oferta, acerta a vida com teu irmão – Mateus 5:23-24.
Ilustração;
João 4:19-24. A mulher samaritana.
A verdadeira adoração se manifesta em espírito e verdade.
Que tal cantarmos uma música de adoração ao nosso Deus?
Cantemos então “Eu te amo ó Deus”.
Louvado seja o Senhor…

Pastor Stina
IASD do UNASP, Campus São Paulo
05/07/2014